Saúde Completa

Pular para conteúdo principal »

Site de busca

Navegação da categoria:

Você está agora em:







Boletim informativo

Boletim informativo
 

CÂNCER RESISTENTE

MECANISMO DE INIBIÇÃO DE ATP SELETIVO

 

          Em 1997, a Universidade de Purdue em Indiana EUA,  publicou informações com promissoras novidades sobre as acetogeninas Annonaceous " . . . não somente são eficazes antitumorais contra tumores que desenvolveram resistência aos agentes anticâncer, mas também parecem possuir uma afinidade especial para tais células resistentes. Em várias entrevistas após a publicação desta informação, o chefe da Farmacologia de Purdue na pesquisa , explicou como funciona. De acordo com sua explicação, as células cancerígenas que sobrevivem à quimioterapia podem desenvolver uma resistência ao agente originalmente usado como à outras drogas desconhecidas. Este fenômeno é chamado de resistência à múltiplas drogas (RMD).
Uma das alternativas pelas quais as células cancerígenas desenvolvem resistência à quimioterapia, é através da criação de uma bomba de refluxo intercelular chamada de bomba mediadora de glicoproteína-P. Esses tipos de bomba são capazes de empurrar os agentes anticâncer para fora da célula, antes de matá-la.
Em média, apenas 2 % das células cancerígenas em qualquer pessoa pode desenvolver este tipo de bomba. Mas são estes 2% que eventualmente crescem e se expandem para criar os tumores resistentes a múltiplas drogas. Algumas das pesquisas com acetogeninas mostraram que elas foram capazes de expulsar estes complexos, e até mesmo matar tumores RMD (tumores resistentes à múltiplas drogas). Pesquisadores de Purdue reportaram que as acetogeninas preferencialmente matam células cancerígenas resistentes a múltiplas drogas, bloqueando a transferência de ATP- a mais importante fonte de energia celular- em seu interior. Uma célula tumoral necessita de energia para crescer e se reproduzir, além de manter a capacidade da bomba de expulsar os agentes que atacam estas células tumorais. Ao inibir a energia da célula , o fluxo da mesma para a bomba é interrompido e portanto, quando as acetogeninas bloqueiam o ATP da célula tumoral o tempo todo, a célula fica sem energia suficiente para a manutenção de todos os processos e morre. As células normais também desenvolvem esse tipo de bomba; porém, elas não requerem grandes quantidades de energia para seu funcionamento e geralmente não são afetadas pelos inibidores de ATP. Pesquisadores de Purdue reportaram que 14 acetogeninas diferentes testadas, demonstraram potentes propriedades bloqueadoras de ATP ( muitas encontradas somente na graviola). Eles também reportaram que 13 destas 14 acetogeninas testadas, foram mais potentes contra células RMD de câncer de mama em comparação a todas as três drogas utilizadas como padrão de controle(adriamicina, vincristina,e vimblastina).

Esse artigo tem propósitos apenas informativos. NÃO FORNECE ORIENTAÇÕES MÉDICAS. quanto o autor e divulgador não se responsabilizam por quaisquer conseqüências possíveis oriundas de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação na dieta, ação ou aplicação de medicamento que resultem da leitura ou observância das informações aqui contidas. A publicação dessas informações não constitui a prática da medicina, e não substituiu o conselho do seu médico ou outro profissional de saúde. Antes de adotar qualquer tipo de tratamento, o leitor deve procurar atendimento médico ou outro profissional da saúde.

 

 

Meu carrinho

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Atendimento Online

No momento não temos nenhum operador online.

Comparar produtos

Você não tem itens para comparar.