Saúde Completa

Pular para conteúdo principal »

Site de busca

Navegação da categoria:

Você está agora em:







Boletim informativo

Boletim informativo
 

AH X ENFISEMA

 O repórter fotográfico aposentado Joaquim Nunes relatou sua história bastante emocionado: disse que, praticamente, renasceu. No ano passado, depois de receber um laudo médico acusando enfisema pulmonar, entrou em desespero. Já estava completando 63 anos de vida e 40 de nicotina.

Foto: Syã Fonseca
  
Joaquim se recuperou dos 40 anos de nicotina
Ao deixar de fumar, percebeu que queria uma nova vida. Foi auxiliado por um amigo a procurar a AH. Se dependesse do seu pneumologista, estaria tomando remédios alopáticos, cada um custando R$ 400. "Já estava desenganado. A AH me deu coragem. Só é difícil quem aplique. Conseguir remédios em postos é um problema. Um tratamento tão barato não é autorizado pelo Ministério da Saúde. É isso que eu não consigo entender. Algo que só faz bem não é autorizado", avaliou. Quando os vizinhos perceberam a melhora de Nunes, começaram a pedir indicação do "milagre". Uma vizinha, por exemplo, sofria de bronquite asmática e já havia sido até dispensada do trabalho. Com a AH, começou a encarar um novo ritmo, livrou-se do cansaço e voltou à ativa.

A funcionária pública federal aposentada Janete Campos aderiu ao tratamento há dois anos, por indicação de um médico ortomolecular. O problema de Janete é fibromialgia, caracterizado por dores generalizadas, comprometendo a parte óssea e muscular, além de cansaço e insônia. Para ela, há uma conexão positiva da AH com outras terapias alternativas, como acupuntura, massagem, pilates, caminhada e outros exercícios físicos.
"Milagres não existem. Acredito que a pessoa tem que melhorar o estilo de vida, mas com a AH me deu mais força, mais disposição, mais ânimo, já que aumenta a imunidade", afirmou.
 

Esse artigo tem propósitos apenas informativos. NÃO FORNECE ORIENTAÇÕES MÉDICAS. quanto o autor e divulgador não se responsabilizam por quaisquer conseqüências possíveis oriundas de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação na dieta, ação ou aplicação de medicamento que resultem da leitura ou observância das informações aqui contidas. A publicação dessas informações não constitui a prática da medicina, e não substituiu o conselho do seu médico ou outro profissional de saúde. Antes de adotar qualquer tipo de tratamento, o leitor deve procurar atendimento médico ou outro profissional da saúde.

 

Meu carrinho

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Atendimento Online

No momento não temos nenhum operador online.

Comparar produtos

Você não tem itens para comparar.