Bem vindo!

Navegação da categoria:

Você está agora em:







Boletim informativo

Boletim informativo
 

US ESPECIAL VIRUS RESEARCH

 

The U.S. SPECIAL VIRUS

        Tradusido pelo Google

           Onze anos atrás, Boyd Graves um advogado e 1975 de pós-graduação da Academia Naval dos EUA descobriu que era HIV positivo AIDS. Em vez de deitar e aceitá-la como uma sentença de morte, ele resolveu aprender tudo o que podia sobre a doença, na esperança de encontrar uma cura. O Graves descobriu chocado e furioso ele. Com base na informação que ele descobriu no domínio público e através do Freedom of Information Act, ele concluiu que o governo dos EUA estava envolvido em um super secreto Especial Virus Cancer Program ele sente é a causa da temida doença HIV / AIDS.

Em 1999, Graves descobriu o segredo 1971 Especial Virus Cancer Fluxograma que concretiza o desenvolvimento incremental de um laboratório de produção de vírus projetado para atacar e prejudicar o sistema imunológico das pessoas de ascendência Africano. Graves tem buscado apoio de vários órgãos governamentais, a saber, o General Accounting Office, o ex-congressista de Ohio, Trafficant, organizações de AIDS e, finalmente, os tribunais.

Em 24 de outubro, as sepulturas vão ao tribunal federal em San Diego, Califórnia, em um terno que ele apresentou em uma tentativa para que o governo dos EUA para "confessar ao seu papel na criação de VIH / SIDA.

Embora muitos tenham tentado desacreditar e rejeitou as afirmações de Graves, poucos foram capazes de refutar a existência do fluxograma descobriu em 1999. A existência destes documentos do governo fornecer crédito às suspeitas de muitos americanos Africano que o Governo dos EUA era de fato por trás da criação se o HIV / SIDA.

Para Graves, tem sido uma batalha solitária, árdua, e muitas vezes desesperada. Não só ele teve de suportar a acusação de ser um "maluco" conspiração paranóica por aqueles que não acreditam que o governo dos EUA é capaz de tal comportamento condenável.

(Eles são ignorantes ou estão em negação sobre cobertores atado com varíola dado nativos americanos pelo governo dos EUA ou programas infames como o experimento Tuskegee, onde centenas de homens infectados Africano americano do Alabama foi recusado o tratamento que o governo dos EUA poderia narrar a longo prazo efeitos da sífilis não tratada.)taxas de Graves também irritar muitos a saúde das comunidades acadêmica, farmacêutica e do público que construíram reputações, carreiras e fortunas na ortodoxia que a Aids se originou na África, o resultado da interação do homem com os primatas infectados. "Na verdade, a verdade é que o HIV / AIDS da enzima é o resultado de um programa antivírus designer dos Estados Unidos da América e é a prova conclusiva", corrigiu Graves, que sofreu os preconceitos, ostracismo, rejeição, perseguição do governo e por ser infectados por Aids e porque ele ousou expor o envolvimento do governo na criação de HIV / AIDS.

No entanto, ele incansavelmente palestras, dá entrevista na rádio e palestras em congressos tentando alertar o público sobre o programa diabólica do governo de controle da população. "Nós temos neste momento há onze anos após meu diagnóstico de HIV em 1992", revelou Graves. "Eu não enfiar a cabeça na areia e, como resultado do que onze anos mais tarde, temos alguns dos documentos oficiais, mesmo que as experiências e os contratos de um programa secreto do vírus federal intitulada" Os EUA Programa Especial de vírus ". Estes não são os meus documentos, eles são do governo. "

Graves é obcecado com a palavra para fora e vê-se como um moderno David lutando contra Golias formidável do governo dos EUA. "Eu estou envolvido em um moderno local de Davi e Golias, porque não há mais gigantescas maior do que o Governo dos Estados Unidos. A verdade oferece resistência. I encontrar conforto na verdade e dá-me a vontade ea iniciativa de cada um e levantar todos os dias para continuar os nossos esforços para expor a verdade, porque ao longo do tempo a verdade tem sempre subido para o topo e as suas vai acontecer aqui. "Graves colocar o fluxograma em seu site www.BoydGraves.com e mais de 26.000 pessoas fizeram o download dela. "Nós temos duas dúzias de cientistas e médicos que examinaram o material e para uma pessoa, todos eles concordam que este programa do governo federal é o cerne da gênese do HIV e da AIDS."

Graves tem um interesse especial no programa para que ele foi diagnosticado como HIV positivo. Ao fazer sua pesquisa, ele encontrou uma cura patenteada para a SIDA que ele tomou e agora diz que está livre dos sintomas.

"Os Estados Unidos patenteou a cura para a AIDS em 1977 e que o número de patentes é 5676977 e eu digo às pessoas para ir a www.google.com e digite Patentes dos EUA e que o número e as informações vão vir para cima. Eu digo às pessoas para ir para a principal biblioteca e olhar para o mundo base de dados de catálogo e colocou em 'Especial Virus Cancer Program' e você vai encontrar pelo menos três, quatro ou cinco desses relatórios de progresso do desenvolvimento do HIV estão na biblioteca principal. Alguns desses relatórios são no domínio público. "

Graves sabe do que fala, porque ele tomou a curar-se em 2001. "Vinte e dois meses atrás eu tomei o remédio patenteado EUA para a Aids. É uma injeção de um tempo, eu chamo-lhe uma infusão porque leva cerca de 20 minutos. É um tipo êmbolo grande coisa, mas isso é tudo que eu tive e fisicamente eu estou bem e sem sintomas. "

Graves está ansioso para que o governo dos EUA em tribunal. Fatos anteriores ele apresentou foram rejeitadas, mas em 24 de outubro às 11 horas, ele terá seu dia no tribunal para defender seu caso perante o Tribunal Federal dos EUA em San Diego, Califórnia, em sua tentativa de forçar o governo a revelar os detalhes sórdidos sobre seu papel no criação de HIV / AIDS. Graves também espera para forçar o governo a revelar a cura patenteada.

Graves é um bacharel em direito, mas não tomou o exame de barra em qualquer estado. No entanto, ele vai representar a si mesmo como um autor que procuram informações sobre seu nome e outros. "Uma ação pode ser proposta por qualquer indivíduo. Aqui neste caso, porém, acreditamos ter feito isso de forma apropriada por ser e indivíduo que foi infectado pelo HIV e SIDA, o autor levar-me, neste caso vai para a frente."

 

Graves está confiante de que irá prevalecer no tribunal, mas está decepcionado com a apatia no seio da comunidade Africano-Americano sobre a propagação desta doença voraz. escrito por Ricardo Junious Stanton

Este é um negócio sério eu aprendi primeiramente Boyd do meu amigo, ela trabalhou para ele por vários anos. Embora muitos não vai acreditar Boyd, um veterano I do Exército dos EUA, eu vi um monte no Exército, para Boyds reivindicações não me surpreende.

http://www.boydgraves.com/

Aids é feito pelo homem - Entrevista com o Dr. Boyd Graves

http://www.boydgraves.org/

Aids começou na América em 1978 nas comunidades homossexuais de Nova York e San Francisco, logo após um programa patrocinado pelo governo da Hepatite B Vacinas. Isso tudo é completamente documentado.

          The United States Special Virus Program (1962-1978) is a formerly secret federal virus development initiative to develop a contagious cancer that selectively kills based on genetic ethnic markers of the host. The U.S. Special Virus Program published 15 annual progress reports detailing the progression of manipulating animal viruses to infect human hosts. Each progress report details the progress of 'special virus' scientists including Dr. Robert Gallo and Dr. Duesberg as they work towards their contracted goal to create the 'special virus'. What makes a virus special? 
The U.S. Special Virus Progress Reports represent 15 years of missing medical and scientific history. The progress reports detail every experiment, contract and accomplishment toward the government's search for their 'Special Virus'. While the U.S. Special Virus Program may be found in the World Catalog Database, finding the actual reports is a challenging occasion even for a professional researcher. Several copies of the U.S. Special Virus Progress Reports, we have recovered from university science library shelves; however, six of the reports remain 'missing' and even some of the nine copies known to exist at the National Cancer Institute's archives, have recently 'disappeared' from government shelves. 
This page is dedicated toward the preservation, study and distribution of these formerly secret and rare documents. This collection of U.S. Special Virus documents is the result of over 15 years of research by AIDS activist, Dr. Boyd E. Graves. Dr. Graves archives of U.S. Special Virus documents represents the largest known collection of U.S. Special Virus documents in the world."These progress reports tell the whole story about the development of HIV/AIDS," Graves said. "This goverment needs accountability."All documents are hi-res scans of actual government documents. Our Special Virus reproductions are available to order in print; however, our electronic document archives are provided to the international reading public free of charge because of the critical importance of ending HIV/AIDS and responsibility to preventing future biological assaults via covert federal virus programs. As Dr. Graves says, "The progress reports have eyes."Please utilize these documents wisely.The links to these reports in .pdf here will now provide immediate global digital access to interested persons saving researchers time and expense. The reports require the free Adobe Acrobat to view. May these pages be downloaded so much as to crash already overloaded servers. Please direct your questions and comments to me personally at endaidstoday@yahoo.com

Sincerely,

Joel Bales, Activist/Archivist/Publisher

 

Meu carrinho

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Atendimento Online

No momento não temos nenhum operador online.

Comparar produtos

Você não tem itens para comparar.